top of page
Buscar
  • Foto do escritorfabriciozandona

Diagrama de Ishikawa: o que é e como aplicar?


O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama de Causa e Efeito ou Diagrama Espinha de Peixe, é uma ferramenta de análise de processos que ajuda a identificar as possíveis causas de um determinado problema ou efeito. É amplamente utilizado na melhoria de processos, na resolução de problemas e na identificação de oportunidades de melhoria.


O que é o Diagrama de Ishikawa?

O Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta gráfica que representa as causas de um problema ou efeito, organizadas em categorias. Essas categorias são representadas por seis grandes "braços", que se assemelham a uma espinha de peixe.

As seis categorias são:

⦁ Mão de obra: refere-se às pessoas que realizam o processo.

⦁ Máquinas: refere-se aos equipamentos e ferramentas utilizados no processo.

⦁ Materiais: refere-se aos insumos utilizados no processo.

⦁ Métodos: refere-se à maneira como o processo é realizado.

⦁ Meio ambiente: refere-se aos fatores ambientais que podem afetar o processo.

Medição: refere-se aos indicadores utilizados para monitorar o processo.


Diagrama de Ishikawa

Como aplicar o Diagrama de Ishikawa?


Para aplicar o Diagrama de Ishikawa, siga os seguintes passos:

⦁ Defina o problema ou efeito que deseja analisar.

⦁ Identifique as possíveis causas do problema ou efeito.

⦁ Organize as causas em categorias.

⦁ Colete dados para avaliar as causas.

⦁ Identifique as causas mais prováveis.

⦁ Implemente ações para resolver o problema.

Exemplo de aplicação do Diagrama de Ishikawa

Suponha que uma empresa esteja com problemas de qualidade em seus produtos. Para identificar as causas desses problemas, a empresa pode utilizar o Diagrama de Ishikawa.

A primeira etapa é definir o problema ou efeito que deseja analisar. Neste caso, o problema é a qualidade dos produtos.

A segunda etapa é identificar as possíveis causas do problema. Para isso, a empresa pode realizar uma reunião com os funcionários envolvidos no processo de produção, para levantar ideias sobre as possíveis causas.

A terceira etapa é organizar as causas em categorias. No caso de problemas de qualidade, as seis categorias do Diagrama de Ishikawa podem ser utilizadas.

A quarta etapa é coletar dados para avaliar as causas. A empresa pode utilizar dados históricos, como registros de reclamações de clientes ou de não conformidades de produtos.

A quinta etapa é identificar as causas mais prováveis. Para isso, a empresa pode utilizar técnicas de análise estatística.

A sexta etapa é implementar ações para resolver o problema. A empresa pode implementar ações para melhorar as condições de trabalho, atualizar os equipamentos, ou rever os procedimentos de produção.


Vantagens do Diagrama de Ishikawa

O Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta versátil que pode ser utilizada em uma ampla variedade de situações. É uma ferramenta eficaz para identificar as causas de problemas, o que pode levar à melhoria de processos e produtos.

8 visualizações0 comentário

Commenti


bottom of page